O que não pode faltar na Festa Junina?

20 Jun. 2022 / Alimentação / Diversão / Festas e DIY

Fonte: Lolly Brasil

A Festa Junina é, sem dúvidas, a celebração mais esperada pelos brasileiros. Digamos que ela é a festa da singeleza, das afetividades e onde há energia humana.

A começar pela caracterização, que traz de volta às nossas raízes e nos remetem à simplicidade das pessoas que trabalham no campo, que acreditam que o bonito é invisível aos olhos e que sentir, dançar, cantar, ficar junto são as coisas mais importantes da vida.

No Brasil, a Festa Junina tornou-se popular e acontece nos quatro cantos do país. No Nordeste, a festividade faz parte do calendário cultural e, aliada ao cristianismo, intensifica as datas comemorativas dos três santos homenageados no mês de junho, são eles: Santo Antônio (13 de junho), São João (24 de junho) e São Pedro (29 de junho).

Mas, depois desse contexto histórico, não podemos deixar de perguntar: 

O que não pode faltar na sua Festa Junina?

1 - Decoração

Primeiramente, os elementos típicos e decorativos da Festa Junina têm de estar em evidência, ou seja, é preciso incorporar um arraiá genuíno e estes itens são indispensáveis para a celebração.

Por isso, invista em cores, fitas, papel celofane, balões e claro, as bandeirinhas. Estas são a “cereja do bolo” da tradicional Festa Junina.

Para as mesas, pense em toalhas de renda, com chita e com detalhes em palha ou vime. Tudo que remete à simplicidade e delicadeza ao mesmo tempo fará parte de um arraiá legítimo. 

2 - Comidinhas típicas

Comer é algo que agrega, em qualquer ocasião. Na Festa Junina então, isso se torna uma regra. Como o mês de junho é época da colheita do cereal, milho e etc, o cardápio acabou se fortalecendo com estes ingredientes. Veja abaixo algumas dicas:

Bolo de milho - salgado e doce
Arroz-Doce
Pé-de-moleque
Amendoim torrado
Canjica
Pipoca doce e salgada
Caldos
Quentão
Pamonha
Cural
Pratos regionais (o Brasil é plural, por isso, dependendo da sua região, invista na iguaria típica e que te represente)

3 - Figurinos

Como dissemos na introdução deste artigo, a Festa Junina é uma festa popular e singela. Nela, é possível ver o estilo dos camponeses em seus trajes. Onde o caipira tem voz e se fortalece. 

O homem do campo tem um estilo único: bota, calça jeans, camisa xadrez e chapéu. Geralmente eles deixam a barba por fazer, pois há outras prioridades da lida para fazerem. Por isso, muitas mamães reforçam a expressão de bigodinhos e barbas nos meninos para poderem representar o figurino.

Já as moças do campo são alegres e coloridas. Elas vestem renda, flores, remendos/retalhos, estampas e chitas. Há muita energia neste vestuário e as mamães de meninas também aproveitam a ocasião para fazer pintinha nas bochechas e assim, representar a mulher caipira, que tem as pintas por conta do sol. Nos cabelos, as tradicionais tranças finalizam o figurino e, para amarrar, laço de fita porque sim, né?

4 - Brincadeiras 

As brincadeiras são unissex e integram a todos, principalmente os pequenos. Há premiações que fazem parte do rito e isso, lhe garantimos, é uma alegria que só. Abaixo algumas dicas do que fazer para animar a festa:

Tiro ao alvo
Correio elegante
Touro mecânico
Bingo
Pescaria
Jogo das argolas
Martelo de força
Estalinho

5 - Música 

As tradicionais músicas de Festa Junina são únicas e reconhecíveis. Dignas de instrumentos que fazem todo mundo remexer o esqueleto como, triângulo, sanfona e zabumba, o repertório é genuinamente nordestino e a playlist tem ritmos como: baião, samba, xaxado, xote e músicas caipiras com sanfona.

6 - Quadrilha

Festa Junina que se preze precisa de uma boa quadrilha. É aí que vemos que é uma festa integrativa e que une a todos. Além das músicas que dão alegria ao ambiente, a quadrilha, também chamada de quadrilha caipira, quadrilha junina é um é um tipo de dança folclórica coletiva muito popular no Brasil.

Por ser uma dança caipira, sua linguagem se aproxima da coloquial e dos meios nordestinos e sertanejos do país. Por conta disso, ela tem um roteiro a ser seguido, sempre com uma história que remete às tradições culturais do campo. 

Quem participa da quadrilha deve estar a caráter, ou seja, vestidos conforme manda o enredo - padre, noiva, noivo, convidados - e deve ser ensaiada.

Gostou desse conteúdo? Compartilhe com alguém que está empolgado para fazer o melhor arraiá dos últimos tempos. Não esqueça de usar a #MyLollyBlog 

Até a próxima!

 

Recomendados Para Você:

 

© Copyright 2019 - Lolly Baby - Todos os Direitos Reservados