Conheça Os Diferentes Métodos De Introdução Alimentar

05 Jul. 2021 / Alimentação / Saúde / Dicas

Fonte: Lolly

A partir do sexto mês do bebê, os especialistas recomendam a introdução de alimentos, uma fase importante, que influenciará o paladar e hábitos alimentares no futuro. Este momento pode ser determinante para a construção de uma memória alimentar positiva e, por consequência, uma relação saudável com a comida na vida adulta.

Esta é uma fase de transição, na qual o bebê conhecerá novos alimentos que serão um complemento e não substitutos do leite materno.

Abaixo relacionamos alguns métodos que podem auxiliá-lo neste processo, além de alguns utensílios que podem ser seus aliados. 

 

Métodos de introdução alimentar

1. O método mais tradicional são as papinhas salgadas que normalmente contêm legumes, carnes e algum outro carboidrato. Já as papinhas doces ofertadas pelos pais são na sua maioria de frutas

Utensílios recomendados: prato colorido e colher com ponta de silicone.

 

2. O Método BLW (desmame guiado pelo bebê) consiste em oferecer pequenos pedaços de alimentos para a criança, de modo que ela mesma se alimente. Esse método desenvolve a autonomia do bebê, além de ser prazeroso, pois ele aprende a levar o alimento até a boca, mastigar e engolir. 

Utensílio recomendado: você pode utilizar um alimentador, caso não se sinta confortável para dar pedaços de alimentos para a criança. Nele, pequenos pedaços do alimento são introduzidos em uma espécie de bico furadinho e, à medida que a criança morde, os líquidos são liberados, sem correr o risco da criança se engasgar.

 

3. Método participativo: a criança participa ativamente do processo, com o auxílio de um adulto. Neste método, a criança tem toda a experiência sensorial com o alimento. Dessa forma, ela sente a textura, o cheiro e o sabor de cada item separadamente.

Utensílios recomendados: prato colorido com divisórias para cada tipo de alimento e colher com ponta de silicone.

 

4. Método “pê-efinho”: no qual é oferecida à criança uma mini versão do cardápio do dia. Para isso, os alimentos precisam ser amassados ou picados em pequenos pedaços para facilitar a mastigação e para evitar engasgos.

 

Enfim, o método mais adequado é aquele em que seu bebê se sente melhor e se adéqua à sua rotina. Vale destacar que todos os métodos desenvolvem a coordenação motora, a autonomia e despertam o interesse pelas texturas, cheiros e sabores.

 

Recomendados Para Você:

 

© Copyright 2019 - Lolly Baby - Todos os Direitos Reservados