Alimentação Adequada No Pós-parto E Os Cuidados Para Manter A Qualidade De Vida

05 Jul. 2021 / Maternidade / Alimentação / Saúde

Fonte: Lolly

O período da gestação e do pós-parto, também chamado de puerpério, pode trazer muitas dúvidas às mamães, principalmente sobre as escolhas alimentares que podem interferir na amamentação e ainda ocasionar as temidas cólicas no bebê.

Durante essa fase, é preciso ter alguns cuidados com o que se come, pois os nutrientes também vão para o bebê, por meio do leite materno. É muito importante que as mamães se alimentem adequadamente, contribuindo para o desenvolvimento do bebê, além de garantir uma boa produção de leite. 

 

Como se alimentar bem 

De acordo com especialistas em nutrição, a alimentação nesta fase deve ser rica em fontes de cálcio, ferro e colágeno, sendo que este último auxilia na cicatrização de cortes, no caso do pós-parto de cesárea. A refeição da mamãe também deve conter, em média, 400 calorias a mais do que a sua alimentação habitual do dia a dia.  

Verduras, cereais, frutas, legumes e muita água devem ser consumidos diariamente. Assim como os bebês necessitam comer a cada 3 horas, a mãe também deve se alimentar desta forma no período da amamentação para adquirir mais energia. De modo geral, uma alimentação saudável no pós-parto deve conter alimentos ricos em água, principalmente provenientes das frutas, além de proteínas. Alimentos ricos em vitamina C também são recomendados para a mãe e para a boa nutrição da criança.

 

Alimentos que devem ser evitados

Não existe comprovação de que alguns alimentos estimulem as cólicas no bebê. Cada bebê é único e, por isso, pode responder de forma diferente à ingestão dos alimentos. Além disso, muitos têm cólica independentemente do que a mãe coma. Os alimentos que causam gases na mãe poderão provocar desconforto no bebê. Dentre os alimentos que têm este potencial e devem ser evitados estão o feijão e outras oleaginosas, cebola, repolho, chocolate e refrigerante.      

 

Alimentação do bebê

É muito importante que a mamãe aposte em uma alimentação balanceada neste período, pois, a partir dos seis meses de idade, os bebês já passam a consumir também alimentos sólidos e o processo de adaptação nem sempre é fácil. É nesta hora que hábitos saudáveis e o incentivo da mamãe fazem a diferença.

Para facilitar a introdução de novos alimentos, a Lolly possui itens que contribuem para que o momento da refeição seja mais divertido e lúdico.

O Alimentador Infantil é ideal para isso e vai auxiliar muito na introdução de alimentos sólidos na alimentação do bebê. O bico de silicone com furinhos facilita a mastigação e sucção de pequenos pedaços e ajuda o bebê a começar a apreciar comidas e frutas com segurança.

 

O importante é manter a qualidade de vida sem descuidar da alimentação regada de vitaminas e nutrientes necessários para a mamãe e para as crianças. Lembre-se sempre de consultar um nutricionista ou profissional de saúde para informações complementares.

 

Recomendados Para Você:

 

© Copyright 2019 - Lolly Baby - Todos os Direitos Reservados